DEPURAÇÃO E REUTILIZAÇÃO

A água é fundamental para a vida humana. O desequilíbrio existente entre a quantidade de água doce disponível e a procura existente torna-se preocupante.

A pressão sobre os recursos hídricos está a aumentar devido ao crescimento demográfico e suas consequências, nomeadamente a urbanização, o aumento do nível de vida e a procura crescente e constante de água cuja contaminação se vê agravada pelas alterações climáticas e pelas variações do seu estado natural.

O saneamento e o tratamento das águas residuais, para além de uma necessidade são uma obrigação legal.

A falta de sistemas adequados para o tratamento das águas residuais pode tornar-se num perigo para a saúde humana, para além de ser uma fonte de contaminação de águas costeiras e interiores. Por esse motivo, e porque as águas residuais urbanas apresentam diferentes tipos de poluentes de acordo com as suas diferentes origens, é necessário proceder a tratamentos específicos antes da descarga final, de forma a evitar que esses poluentes cheguem aos ecossistemas, aos campos, às fontes de consumo, ao mar, etc.

O Homem tem a obrigação de proteger os recursos hídricos e garantir as necessidades das gerações futuras. A conservação e a reutilização da água são a chave do futuro. Após o tratamento e antes da descarga no efluente, estas águas podem ter outros usos através da sua reutilização. Trata-se, portanto, de uma solução eficaz a que se recorre cada vez com mais frequência para combater a escassez de recursos.


Projetos complexos e exigentes. Responder às necessidades atuais e com antecipação

As normas exigidas de qualidade da água diferem de acordo com a sua utilização. A tecnologia Degrémont adapta-se a qualquer caso, cumprindo com os níveis exigidos e oferecendo soluções específicas de acordo com o uso que se vai dar à água.

A inovação da Degrémont permite dar resposta a qualquer problema. Podemos, por exemplo, combinar tratamento biológico e afinação com filtração de membranas, obtendo efluentes com muito boa qualidade. Podemos, para além disso, com o objectivo de reduzir o impacto no meio natural, propor soluções compactas com menores consumos de energia e de reagentes.

E para a reutilização, dispomos de soluções tecnológicas, tanto convencionais como inovadoras, que permitem um tratamento terciário eficaz das águas residuais.

Uma qualidade de saneamento da água que permite às entidades gestoras reutilizar os efluentes a fim de preservar os recursos naturais.
 

O tratamento das águas residuais urbanas implica várias etapas de tratamento e uma variedade de tecnologias:

- Pré-tratamento,
- Tratamento primário,
- Tratamento secundário,
- Tratamento terciário,
- Tratamento combinado,
- Desodorização.

A reutilização de águas residuais urbanas implica várias etapas de tratamento e uma variedade de tecnologias:

- Acondicionamento,
- Ultrafiltração,
- Afinação,
- Desinfecção,
- Tratamentos específicos,
- Tratamento combinado.


Conheça algumas das nossas 
referências em tratamento de águas residuais urbanas:  referências de Concepção/Construção de ETAR e de O&M de ETAR e referências de reutilização de águas residuais urbanas.

 

ÁGUAS RESIDUAIS E REUTILIZAÇÃO

Aguas residuales y reutilizacion

ETAR de Pinedo
Reutilização para rega e restauração ambiental do Parque de la Albufera

Possíveis utilizações da água reutilizada:
- agrícolas (rega),
- urbanas (limpeza de ruas, rega de parques, fontes, etc.),
- recreativas (golf, etc.),
- industriais (lavagem, refrigeração,etc.),
- ambientais (manutenção de zonas pantanosas, etc.)

 

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA: GREENBASS

greenbass

O arejamento constitui cerca de 40 a 70% do consumo total de energia de uma estação de tratamento de águas residuais. O Greenbass™ é um dispositivo que regula e controla o arejamento